+ 0 km 0
Indio Gigante Oliveirinha - imagem 1

Indio Gigante

37,50 €
Descrição
Vendo Galinhas|Galos, individualmente, aos casais e|ou aos trios, de preço variável sob consulta, a partir de 25,00 Euros, a unidade, consoante as raças. O preço apresentado em título é o da raça publicitada neste anuncio.
Andaluza Surenha Morucha, Ayan Cemani, Indio Gigante, La Bresse Gauloise, (branca), Playmouth Rock Barrado, Shamo, Orpington, (buff), Wyandotte, (prata), bem assim as 4 raças autóctones, Amarela, Branca, Pedrês Portuguesa e Preta Lusitana
Aves criadas em regime de semi-liberdade, sem consanguinidade alimentadas em 50% a ração, 25% a graos diversos, (milho, trigo, ervilhaca, ervilhas, feverol, sorgo, cartamo, girassol), e 12,50% legumes e 12,50% fruta
Enquanto associado da "Aviornis International” e "World Pheasant Association" disponibilizo um lote restrito de aves anilhadas
Consulte disponibilidade.
Não vendo ovos nem pintos e não faço remessas nem entregas.
Os Indios Gigantes, exclusivamente, são cotados na base de 1 € por cada centímetro, reportando-se o valor em referencia de 37,50 € a aves na fase de definição de sexo.
As fotos publicadas são dos progenitores, aves provenientes de ovos importados do Brasil, macho de 1,10 m e 4,50 kg, de crista ervilha pequena e barbela dupla vestigial, femeas de 0,75 a 0,80 e 3 kg a 3,5 kg

Indio Gigante
Ficha Técnica

Indio gigante

Galo Índio Gigante, também conhecido como Índio Gigante, é uma raça de galináceos domésticos (Gallus Domesticus) desenvolvida no Brasil. Dentro do gênero Gallus, este galináceo é o de maior tamanho e está entre os de maior peso que existem no mundo. Passa fácil de 1 metro de altura (macho) e há exemplares que já chegaram a ter 8 Kg.[1][2][3][4][5][6][7][8]

História
O índio gigante surgiu no Brasil do cruzamento de galos de rinha com galinhas caipiras e outras raças de galinhas. Com o tempo os criadores foram selecionando os maiores exemplares até chegar nos animais atuais.[9] Atualmente a raça tem padrão definido e uma associação nacional de criadores para melhor organizar a criação da raça no território nacional e trabalhar no seu melhoramento genético.[10]

Padrão
Para ser considerado um índio gigante o galo deve ter no mínimo 105 centímetros (1,05 metros) com peso mínimo de 4,5 quilos adulto e a galinha no mínimo 90 centímetros com peso mínimo de 3 quilos adulta. Atualmente o tamanho médio dos machos está por volta de 1,20 metros. Além destas características mais marcantes e visíveis, existem características como plumagem, bico, etc, que devem ser observadas de acordo com o padrão oficial. Por exemplo, há preferência da barbela (pele do pescoço) única e não dupla e o animal deve ter um corpo bem ereto, não curvo, aparentando excelente postura e saúde. Sua cor também é variada.[11][12]
A medição do tamanho do animal é feita da ponta da unha do dedo médio da pata até a ponta do bico segurando o galináceo de modo que fique totalmente esticado, normalmente na horizontal, pois nesta posição ele costuma ficar calmo e é mais fácil a medição.[13][14][15]

Utilidade
O índio gigante tem sido usado para cruzar com galinhas sem raça ou de outras raças para produzir mestiços de maior peso, sendo abatidos para consumo próprio ou para serem vendidos por maior valor. No momento os criadores não produzem animais da própria raça para serem abatidos em massa atendendo alguma procura de mercado em específico, visto que o comércio de animais da própria raça é aquecido e muito significativo financeiramente, com animais que podem chegar a custar mais de 200 mil reais (5 mil já é comum). Este valor é diretamente relacionado ao tamanho e alinhamento do animal, quanto maior e com melhor postura da estrutura física da ave, mais caro pode custar, portanto animais considerados os melhores da raça costumam ser muito valorizados. A tendência com o decorrer do tempo, por conta da seleção e valorização de animais cada vez maiores, é o desenvolvimento de galináceos ainda maiores e pesados, pois o padrão não limita os animais a uma altura e peso máximos. Com a massificação do índio gigante pelo Brasil pode ser que um dia a raça seja usada para produções industriais em larga escala disponibilizando a carne deles para consumo como já acontece com as raças industriais.[16][17]

Índio gigante • Canela preta (galináceo) • Paraíso pedrês • Peloco • Barbuda do Catolé • Caneluda do Catolé • Galinha caipira
  • Publicado às 01:08, 30 Junho 2020
  • Visualizações:4254
  • ID do anúncio: 614338774
Reportar anúncio
Para sua segurança!

Evite enviar dinheiro antes de receber o artigo

Compra Segura

Aviso: Ao efectuar um contacto o seu email será guardado para lhe permitir consultar eventuais respostas no MyOLX.

Adicionar anexos
Utilizador
  • Enviar mensagem
Localização

Oliveirinha, Aveiro, Aveiro

Outros anúncios Ecologic Station